Acessos desde abr/09: 111951 Rogério Ratner, gaúcho, é cantor, compositor e escritor - História do Rock, da música gaúcha - Rio Grande do Sul - RS
Site da rede
Artistasgauchos.com.br
artistasgauchos.com.br

CDs

SEGUNDO CD: CRENDICES VÃS
O segundo disco foi lançado com show no Bar Zelig, no dia 06.07.2005, no qual Rogério, além de acompanhar-se ao violão, contou com a participação de sua banda formada por Ciro Moreau (guitarra), Edson Jr. (baixo) e Rodrigo Lopes (bateria). Também foi realizado show acústico na Livraria Cultura, no qual Rogério foi acompanhado pelo guitarrista Gambona. Participou também do Encontro das artes promovido pelo Jornal Fala Brasil no Nacional do Shopping Rua da Praia. Em 2006, apresentou-se, ao lado do guitarrista Gambona, no Sarau do Solar dos Câmara e no Teatro Bruno Kiefer, da Casa de Cultura Mário Quintana. >> mais

PRIMEIRO CD
O primeiro CD, contendo 13 músicas de sua autoria, foi lançado no ano de 1997. Contou, em sua gravação, com um time de músicos de primeira linha em Porto Alegre: Ciro Moreau (guitarra), Michel Dorfman, New (teclados), Ricardo Arenhaldt (bateria), Edson Jr. (baixo), Jorginho do Trumpete, Serginho do Trombone e Cláudio Sander (sax). >> mais


Finalmente está na internet o meu clip produzido em 1997 quando lancei meu primeiro CD. O clipe, feito da música "Claro/Escuro", foi dirigido pelo cineasta gaúcho Jaime Lerner, e produzido pelo cineasta também gaúcho Cícero Aragon, contando com uma grande equipe (cinegrafistas, contraregra, produção, etc.etc.). Foi rodado em 35mm e finalizado na RBS vídeo. No elenco do clipe, está um timaço de primeira: as belas atrizes Cléo de Páris e Bárbara Koboldt, os atores Cássio do Nascimento e Hique Montanari, além do meu querido amigo Cláudio Sander, saxofonista, que fez belos solos na gravação, e que aparece de smoking, coisa fina mesmo. Está disponibilizado no Youtube, em duas opções. A primeira é quando o clipe passou na MTV, no programa Território Nacional, apresentado pela Soninha. A segunda é a versão "original", que tem mais qualidade, evidentemente (já que a outra foi gravada em TV aberta em mono em 1997), e tem os créditos, etc.

Para ver é barbada: basta entrar na página do Youtube, e no campo da "busca" digitar Rogério Ratner. Aliás, vai aparecer na pesquisa também o post que o Emílio Pacheco gentilmente mandou da gravação de uma entrevista que dei para o Jornal do Almoço, quando do lançamento do meu primeiro CD, em 1997 (o acervo de imagens e sons do Emílio é incrível, ele tem um montão de raridades gravadas).

Todos os direitos reservados a Rogério Ratner